Home Críticas Ozark – Primeira temporada – Crítica
Ozark – Primeira temporada – Crítica

Ozark – Primeira temporada – Crítica

0
0

E muitas pessoas estão comparando Ozark com Breaking Bad, talvez seja devido a temática que envolve drogas, lavagem de dinheiro ou drogas.

Não sei se podemos fazer esse comparativo mas não da para negar que as series tem semelhanças, mas vamos analisar alguns pontos interessante na trama, porem vamos ao trailer da serie para você se situar .

Primeiramente temos um cara que esta investigando a traição da sua esposa, porem apos receber o vídeo que revela tudo ele acaba descobrindo que seu sócio estava roubando de um narcotraficante para o qual eles lavavam dinheiro.

Ok em um primeiro momento pode parecer mais uma série sobre traficantes e seus esquemas, porem Ozark acaba surpreendendo a cada episodio mostrando ser uma trama bem desenvolvida e repleta de momentos que nos fazem questionar.

O que fariamos por nossa família

Sim! Ate qual ponto iriamos para proteger nossos familiares, no inicio mostra uma família que apesar dos problemas estão unidos e com isso vemos esse desenrolar de trama que nos deixa comovidos com tudo que ocorre nesse processo de se proteger.

Em um determinado momento vemos Marty Byrde “Jason Bateman” entre a crus e a espada vendo sua vida correr diante de seus olhos então para não morrer e garantir a sobrevivência de sua família ele se prontifica a fazer algo que seria quase implausível, isso mesmo quase pois como podemos ver ao longo dos episódios ele e mais do que capacitado a realizar a grande tarefa de lavar 8 milhões de dólares para o segundo cartel de drogas do México então Del “Esai Morales ”

Com tudo isso Marty  se obrigar a revelar todos os problemas para sua esposa Wendy Byrde “Laura Linney ” que por sua vez e obrigada a revelar o que o Marty  faz para seu filhos Charlotte “Sofia Hublitz” e Jonah “Skylar Gaertner ” com isso temos o começo dessa primeira temporada de Ozark.

A serie apresenta uma fotografia incrível e todos os atores fazem parte de uma boa interpretação onde podemos ver todos os conflitos surgirem e serem dissolvidos de forma natural mas ao mesmo tempo que não deixa a trama fugir do controle.

Alem disso podemos ver o crescimento de cada personagem, principalmente do jovem Jonah interpretando por Skylar Gaertner um jovem que apesar de novo mostrou um grande talento. Mas não para na questão da interpretação temos uma trilha sonora que transmite a tensão de cada cena.

No início achei que estava faltando alguma coisa na trama, talvez seria uma introdução ou pelo menos um direcionamento, algo como o motivo que aquela família acabou se envolvendo naquela cituação, mas logo no final tudo foi explicado e deixando claro como tudo aconteceu.

Não considero que Ozark seja igual ao Breaking Bad mas tem sua semelhança, e talvez seja por isso mesmo que vemos muitos comparativos entre a duas séries. Com tudo que foi apresentado acho uma boa série e vale a pena conferir, e você mesmo tirar suas próprias conclusões se é ou não parecido com Breaking Bad.

E ai já assistiu ? O que achou comenta ai !!!

Gordo Eu sou Carlos Rafael criador do Canal do Gordo sou apaixonado por series, filmes e games, por isso criei esse portal, alem disso sou o grande mestre guardião da chave da geladeira.

Eventos

Pica-Pau entra em tour nacional!

A partir desse domingo, 10 de Setembro, o Pica-Pau estará em tour por várias cidades brasileiras! Chegando aos cinemas no dia 5 de Outubro, o personagem desembarcará em Manaus, visitando vários pontos turísticos e  poderá ser visto pelo Museu da Amazônia, Teatro Amazonas ou experimentando pratos típicos pelo Mercado Municipal. Depois de Manaus, o personagem […]

Confira
Cinema e TV
Cinema e TV Games Hqs, livros e Mangas

Cavaleiros do Zodíaco terá MMO

A lenda diz que os cavaleiros sempre aparecem quando as forças do mal tentam apoderar-se do mundo. Numa era longínqua, existia um grupo de jovens que protegia Athena, a deusa da guerra. Eram chamados de os cavaleiros de Athena e sempre combatiam sem armas. Conta-se que seus punhos eram capazes de rasgar o céu e […]